LIVRO: O CLJ me enganou

NOVIDADE! Antes de você ler este post de 2014, tenho uma novidade: o livro O CLJ me enganou é uma realidade! Ele encontra-se em fase de pré-lançamento, e neste momento eu preciso da sua ajuda. Como não tenho editora, criei uma vaquinha na internet para arrecadar os recursos necessários para a editoração e impressão da obra. Funciona assim: você acessa o site abaixo, contribui com R$ 30 e já garante o seu exemplar. Acesse, saiba mais e deixe sua contribuição: www.catarse.me/ocljmeenganou

Em agosto de 2008, escrevi uma crônica sobre o CLJ, movimento católico que completa 40 anos em 2014. Tentei reproduzir, no texto, meu sentimento de admiração e gratidão por algo que foi essencial durante seis anos da minha vida. Para minha surpresa, a identificação das pessoas com ele foi grande. Recebi muitos comentários emocionados e até hoje, seis anos depois, a proposta provocadora da crônica repercute.

Em 2009, surgiu a vontade de ampliar o assunto e escrever um livro. Visitei Dom Zeno Hastenteufel, bispo de Novo Hamburgo e criador do CLJ. Tenho mais de uma hora de nossa conversa gravada e grande parte dela já colocada no papel. Guardo com orgulho esse tesouro.

Mas a rotina me engoliu e a ideia do livro ficou pelo caminho.

Esta semana, o incentivo carinhoso de algumas pessoas queridas, somado a alguns bons propósitos que tenho, fizeram a visão de um livro ressurgir, acompanhada de entusiasmadas ideias.

Antes de ir em frente, porém, queria ouvir as pessoas que leram, curtiram o texto e se sentem parte do CLJ, no passado ou no presente. Não pretendo fazer um resgate histórico do Movimento — embora sua história seja riquíssima, com números que impressionam e uma relação com a Ditadura bastante interessante.

O livro seria importante em quê? Que conteúdos ele poderia trazer? Com o que vocês podem contribuir? Posso contar com vocês para colher depoimentos e informações?

Comentem aqui mesmo. Espero vocês.

Um abraço,
Juliano Rigatti

Anúncios

22 Comentários

Arquivado em CLJ

22 Respostas para “LIVRO: O CLJ me enganou

  1. Oi, Juliano! Nossa, que coisa maravilhosa saber que pretendes fazer um livro sobre o CLJ, acho a ideia fantástica!! Acredito que um livro contando sobre o CLJ é importante pois ressalta a importância da juventude católica na nossa igreja e na sociedade. Sem contar que ainda estamos sob o efeito da jornada mundial da juventude que mexeu tanto com a juventude católica do Brasil e do mundo, o que fomenta ainda mais a vontade de mostrar do que a nossa juventude foi e é capaz de fazer!! Acho que seria legal contextualizar a história pela qual o movimento se iniciou e falar sobre as histórias de agora… as vocações que já surgiram do CLJ… as iniciativas sociais do movimento, bom, histórias para contar não vão faltar…. Enfim, se precisar de minha ajuda, para o que for, podes contar comigo!!!! Abraços!!!

  2. Débora Enderle Porto Masera

    Juliano, pode contar comigo!!! Vou repassar o teu texto de agora aos amigos do meu tempo e aos de hoje. Vai chover ajuda, tenho certeza! Vamos nos falando! Grande abraço! 😉 Dedé

  3. Everton

    Tche…..com certeza..conta comigo pro que precisar ai para produzir o livro..
    Participei do CLJ (e até postei no teu blog uma resposta ao texto) e hoje faço parte, juntamente com minha esposa e filho, do MCJ e bah, seria bom d+ ver a historia do CLJ perpetuada em um livro, além de já estar em nossos corações!
    Bom, se todos resolverem cooperar……vou te dizer, vai ter historia hein..heheheh
    Mas com a Graça de Deus, conseguirás!
    Conta comigo!
    Grande abraço!

  4. Sheilla Machado

    Querido Juliano, (querido sim, pois só por amar tanto esse movimento tão divino já te considero uma pessoa muito querida), que alegria saber desta tua vontade tão maravilhosa de escrever um livro sobre o nosso movimento. Participo deste a quase 7 anos e neste pude ver muita luta pela evangelização, uma garra que não vemos muito por ai hoje em dia. Penso que essa luta deva ser retratada também, essa disposição do jovem de largar tudo e se deixar conduzir por esse Líder tão amado.
    Conta com a gente querido!

    Obs.: já estou louquinha para ler o livro =)

  5. Muito boa a ideia. Tenho muita coisa boa para falar desse movimento em que fiz parte por mais de 7 anos de minha vida. Aprendi muita coisa com ele, tanto do ponto de vista religioso quando humano.
    Posso ajudar em termos de depoimentos… Já havia pensado em fazer um documentário sobre o CLJ, mas a ideia do livro é também muito boa.
    Abraços.

    Thiago

  6. Júnior Marcelli

    Conta comigo, creio que possa auxiliar e quero um exemplar autografado do meu eterno presidente da melhor diretoria que participei

  7. Maria Augusta

    Oi Juliano! Acho que seria legal ler as histórias inusitadas do movimento e como Deus foi bom com o CLJ sempre. Há muitas histórias, né, de pessoas que voltaram para a Igreja através do CLJ, de pessoas que encontraram a sua vocação, de grupos que passaram por situações difíceis/engraçadas. Também seria legal ler sobre o impacto social do CLJ. Dali nasceram muuitos profissionais ótimos, famílias ótimas, cidadãos ótimos, etc.
    Tenho certeza, o E.S. inspirará coisas maravilhosas para este livro! Estamos esperando ansiosos :]

  8. Angela Camila Carneiro

    Juuuu :DD fiquei super feliz com essa ideia de livro sobre o CLJ!
    Este ano faz 7 anos que participo deste movimento pelo vicariato de Gravataí e alguns meses pela diocese de frederico westphalen, posso te ajudar com fotos de vários momentos…nos últimos dois anos eu que tirava as fotos dos eventos do movimento heheh beijooos
    SHALOM!

  9. Joyci Garcez

    Ótima ideia Juliano! Conte com todo o apoio do CLJ-NSA! Estamos todos muito ansiosos.
    Com certeza uma pessoa que irá ajudar muito será o Monsenhor Irineo, pároco aqui da Nossa Senhora dos Anjos, que já foi Diretor Espiritual de mais de 100 cursos, e têm muitas histórias para contar.
    Grande abraço. Shalom!

  10. Anelise Machado Ouriques

    Oi Juliano!
    Achei incrível a ideia de fazer um livro sobre o CLJ! Acho interessante escreveres o livro com a mesma linha da crônica O CLJ me enganou, não destaca em especial nenhum integrante, embora saibamos que foi baseada em tua história, mas ao mesmo tempo identifica todos que participaram deste movimento com o que está sendo relatado. O cunho transformador do CLJ, a capacidade de mudança que tem este movimento na vida dos que participaram, é na minha opinião o grande enfoque a ser dado no livro…
    Tens um belíssimo tema a ser trabalhado e no que for preciso pode contar comigo!

    Forte Abraço, Shalom!!!

  11. Willian Bitencourt

    Não te esqueces de comentar no teu livro sobre o bom e velho amigo de todas as tardes de encontros do CLJ: O Violão!
    Abraço!

  12. Julian de Souza

    Querido Juliano, temos uma vontade em comum: escrever um livro sobre o movimento. Estou a seis anos no movimento e conheci seu texto em 2008, ótima coincidência. Podes contar comigo para o que precisar. Vamos ver o que podemos fazer. Me mande um email julian.pereiradesouza@gmail.com

  13. Marília

    Só não se esqueça dos cariocas! Bjs, não desista deste projeto, Deus capacita os escolhidos… Paz e bem

  14. Diego Carvalho

    Foi Deus. Procurei uma música que não achei, deparei com o teu texto onde pelo título me assustei e cá estou lendo outros que falam do CLJ. Passados anos da crônica e mais um tempo da ideia do livro, este saiu? Documentário seria também algo fantástico, como citaram. Onde posso colaborar? Abraço, Diego Carvalho NSGraças – PoA
    CLJ1-270, 2-38, 3-19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s