Encaminhem esta corrente

“Sei lá, as pessoas têm muito medo de pensar que as coisas podem mudar. O mundo não é feito somente de merda. Mas é difícil para quem se acostumou com as coisas como elas são. Mesmo que sejam ruins… é difícil mudar. Então as pessoas desistem. Quando isso acontece, todo mundo sai perdendo.
É difícil, não dá pra planejar.
Você precisa observar mais as pessoas. Ficar de olho nelas e protegê-las. Nem sempre a gente sabe o que precisa. É a grande chance de concertar uma coisa que não seja sua bicicleta. Dá pra ‘concertar’ uma pessoa.”

Trevor McKinney, personagem de Hely Joel Osment, em A Corrente do Bem.

É uma boa reflexão para um início de semana. Ou para um início de dia. Ou para qualquer hora. Para qualquer um.

Um menino da 7ª série tem a idéia de fazer o bem a três pessoas e pedir para que cada uma faça algo de bom para pelo menos outras três, e passar adiante. Na visão do guri, essa era a forma de fazer o mundo mudar para melhor.

O filme é muito bom, mas a idéia não é tão original assim. Lembro de alguma coisa parecida… um tipo de corrente do bem também… não lembro de onde… da época da catequese, eu acho.

Bom, boa semana a todos. E façamos o bem a pelo menos alguém.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Genéricos

Uma resposta para “Encaminhem esta corrente

  1. Anonymous

    This post has been removed by a blog administrator.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s